Ipatinga tem nove Candidatos a Prefeito

28/09/2020

Os candidatos a prefeito para as eleições de 15 de novembro em Ipatinga são:

1 – Diego Arthur (PCB - 21), Vice Bruno Henrique Anastácio (PCB);

2 - Gustavo Nunes - Partido Social Liberal (PSL -17)  Vice Alex Imóveis (PSC);

3 - Jadson Heleno (DEM – 25), Vice Sebastião Quintão (MDB).

4 - João Magno (PT -13), Vice Sávio Tarso (PV).

5 - Dr. Juliano Nogueira (PTB -14), Vice Dr. Olímpio Caetano (PTB);

6 - Nardyello Rocha (Cidadania - 23), Vice Cassinha Carvalho (PL);

7 - Nilson Pereira (Patriota - 51), Vice Sargento Paulo César (Patriota)

8 - Rair Anicio (PSTU -16), Vice Haroldo Pedro de Oliveira Júnior (PSTU);

9 - Robynson  Ayres (PSOL - 50), Vice Lucas Portuense (PSOL)

 

Candidatos a prefeito de Coronel Fabriciano nas eleições 2020 são:

- Dr. Dionísio Alves (MDB - 15), vice Dr. Renato (PP);

- Ézio Guilherme da Silva (Patriota) - 51, vice Jessiara Miranda (Patriota);

- José Gregório de Paiva Neto, Gregório da Retífica (PTB) - 14, vice Israel Valadares (Solidariedade);

- Marcos da Luz (PT) - 13, vice Chico Simões (PT);

- Dr. Marcos Vinícius Bizarro (PSDB) - 45, vice Sadi Luca (PL);

- Terezinha Elói (Rede Sustentabilidade) - 18, vice Joaquim Xavier (Rede)

 

Os candidatos de Timóteo são:

- Douglas Willkys (PSB), vice Prof. Vespa (Rede);

- Renato Martins (MDB) vice José Constantino - Coronel (PSD);

- Gentil Moreira Filha (PTRB), vice Geraldo Magela (PTC);

- Jenifer Graciele (PT), vice Robson de Araújo (PT).

 
Inscrições para 9 mil vagas em cursos de iniciação profissional

25/09/2020

Jovens da bacia do rio Doce, em Minas Gerais e no Espírito Santo, têm uma segunda chance para estudar e se preparar para o mercado de trabalho. A Fundação Renova prorrogou até 30 de setembro a inscrição para os cursos gratuitos de iniciação profissional, que serão ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Estão disponibilizadas 9.000

vagas, distribuídas em 13 cursos, com duração média de 14 horas cada um. Para participar, os jovens devem ter entre 16 e 29 anos e solicitado cadastro na Fundação Renova. Os interessados devem preencher um formulário eletrônico, disponível emhttps://forms.gle/TAKzNXdYNtGYE6fi9. Após a inscrição, o Senai enviará em até dez dias um link de acesso ao conteúdo. No final do curso, os participantes receberão certificado de conclusão.

Cada jovem poderá escolher até dois cursos das seguintes áreas: Consumo consciente de energia; Educação ambiental; Empreendedorismo; Fundamentos da logística; Lógica de programação; Tecnologia da informação e comunicação; Metrologia; Noções básicas de mecânica automotiva; Segurança do trabalho; Desvendando a indústria 4.0; Desvendando a Blockchain; Desvendando o BIM (Building Information Modeling); e Lean Manufacturing. Como medida de segurança diante da pandemia do novo coronavírus, os cursos serão realizados no formato on-line, para manter o distanciamento social. Para assistir às aulas, os participantes precisam de computador, tablet ou celular com acesso à internet e os navegadores Mozila Firefox ou Internet Explorer com Adobe Flash Player instalados.

 
O que a TV não mostra: A diferença entre incêndios e queimadas e o sensacionalismo jornalístico

25/09/2020

Todos já notamos que a maior parte da imprensa brasileira chama o fogo nos Estados Unidos de “incêndio”, mas no Brasil é “queimada”, tratando o assunto com o máximo de sensacionalismo possível, certo?

Ninguém duvida que a situação atual em parte do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul é grave, principalmente causada pela forte seca que ocorre na região.

Mas qual a verdade sobre esse cenário?

O Pantanal é a maior planície inundável do mundo, com ciclos de seca e de chuvas que se repetem anualmente. Porém, na última temporada de chuvas, a precipitação ficou 43% abaixo da média, o que ocasionou a maior seca dos últimos 40 anos. Em razão do baixo estoque de água no solo, a vegetação ficou mais seca, tornando-se o combustível ideal para o fogo, que já consumiu 1.291.000 hectares do Pantanal.

Mas nessa região, no ciclo da seca, aquele que muitos acham ser o vilão do Pantanal, acaba o “bombeiro” natural: o boi.

Em entrevista Jorge Figueiredo, presidente do Conselho da Bacia Hidrográfica do Rio Miranda, no Mato Grosso do Sul, e vereador ma cidade de Bonito, falou sobre o que realmente está acontecendo no Pantanal, com a propriedade de quem conhece e vive na região.

“Não tenho dúvidas que existem pessoas interessadas, colocando fogo, para criar um clima de terror. Querem, levar, principalmente para o exterior, (a idéia) que o Brasil não está cuidando do seu meio ambiente, uma imagem totalmente falsa e mentirosa, é só olham os números. Os ambientalistas de gabinete vêm, com muito mais ideologia do que conhecimento” , criticou Figueiredo.

Ele também denunciou a possível participação de algumas ONGs nos incêndios criminosos e elogiou a atuação do Exército no combate imediato ao fogo.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 135