Orçamento de 2021 para Ipatinga prevê um montante de mais de R$ 1 bilhão na arrecadação

01/12/2020

Mas existem inconsistências na peça orçamentária porque há previsão de criação de nova arrecadação sem a legislação atual do código tributário, ou seja, sem autorização legislativa.

Acréscimo de 3,5% para 2021. Isso significa um montante de mais de R$ 1 bilhão no Projeto de Lei (PL 83/20) que estabelece o orçamento do município para o ano que vem. Em fase de estudos técnicos, antes que seja apreciado pelas Comissões Permanentes da Casa, o orçamento depende que a Lei de Diretriz Orçamentaria (LDO) seja aprovada antes que comecem as discussões no Plenário.

“É importante frisar que os parlamentares acabaram de aprovar alterações do Plano Plurianual (PPA) e que não houve a publicação dela ainda. O próximo passo é a análise da diretriz e depois o orçamento anual. Isso porque no orçamento público essas três leis andam em consonância uma com as outras e são interdependentes. O que é votado deve ser previsto”, explicou a servidora Tânia Siman, que é contadora e trabalha na análise de PLS.

Já o servidor Nilson Silva, analista do Legislativo, enfatizou que, embora o valor do orçamento seja na ordem de 1,1 bilhão, a média dos valores arrecadados dos anos de 2017, 18 e 19, foi em torno de R$ 700 milhões.

“Os técnicos da Prefeitura enviam justificativas de melhora da arrecadação, porém, infelizmente os valores que acompanhamos anualmente estão aquém do estimado. Para 2021 já sabemos que existem inconsistências na peça orçamentária porque há previsão de criação de nova arrecadação sem a legislação atual do código tributário, ou seja, sem autorização legislativa”, disse Nilson.

Ele ainda chamou a atenção para o caso de a LDO prever transferências de recursos na área de cultura para entidades com fins lucrativos, o que não é permitido. “Todos os anos nos debruçamos na proposta de lei e analisamos ao máximo porque sabemos de sua importância para a cidade”, reiterou o contador Nilson.

Algumas das inconsistências podem ser sanadas em âmbito legislativo, com a inclusões de emendas por parte da Comissão de Legislação.

A LDO que está em fase de estudo técnico de receitas também passará por análise de despesas e estima aumento de investimentos na área da saúde na ordem de R$ 19 milhões de reais.

Suplementação – Para o ano que vem, o Executivo prevê um percentual de 20% de livre remanejamento. Na prática, isso significa que, de todo o orçamento, 20% podem ser gastos pelo prefeito sem a prévia autorização da Câmara. Atualmente o percentual também é de 20%.

O projeto do orçamento se encontra disponível na Câmara, na Secretaria Geral, e qualquer interessado pode consultar. Após a primeira votação da LDO, os parlamentares têm um prazo de dez dias para propor emendas.

Lembrando que o Projeto orçamentário tem precedência sobre os demais constantes na pauta e que estará apto a publicação até o final de dezembro.

 
Gustavo Nunes é recebido pelo Ministro do Turismo em Brasília

26//11/2020

O prefeito eleito em Ipatinga, Gustavo Nunes, e seu vice, Allex Oliveira, ainda não foram empossados, mas estão firmes nas articulações pós campanha em prol do desenvolvimento de Ipatinga, o que inclui agendas com autoridades públicas e privadas.

Nesta quarta-feira, 25, o prefeito eleito, Gustavo Nunes, e seu vice, Allex Oliveira, foram recebidos em Brasília pelo Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. O encontro teve como objetivo tratar de investimentos para Ipatinga nas áreas do Turismo e da Cultura, que poderá gerar empregos e desenvolvimento para a região do Vale do Aço. “A boa política é aquela que se faz com diálogo”, disse o ministro em suas redes sociais ao falar de Gustavo e expressar apoio para fazer de Ipatinga uma cidade cada vez melhor.

Durante a estada em Brasília, prefeito e vice também tiveram uma reunião para conhecer melhor o Sistema de Transporte Coletivo do Distrito Federal, considerado um dos mais modernos e eficientes do país, por aliar tecnologia e inovação e favorecer a mobilidade urbana e eficiência nos serviços prestados aos usuários.

Segundo Gustavo Nunes, essas articulações são de grande importância para retomar o desenvolvimento de Ipatinga. “Ter um bom relacionamento com os governos Federal e Estadual é de grande importância para trazer investimentos para nossa cidade. Essa agenda em Brasília é mais um passo que damos em busca de melhorias e do desenvolvimento”, afirma.

O prefeito eleito de Ipatinga também cumpriu agenda em Santa Catarina com o empresário Luciano Hang, momento em que discutiram sobre a instalação das lojas Havan em Ipatinga.

 
Aperam empossa nova diretoria em 2021

26/11/2020

  • Em encontro de lideranças, na última semana, Presidente Frederico Ayres Lima anunciou as alterações

Em 2021, a Aperam South America passará por importantes mudanças em sua estrutura organizacional e governança, motivadas pela aposentadoria do Diretor de RH, Luiz Otávio Torres Procópio (Taia) e do Diretor de Produção, Ilder Camargo Silva. O anúncio foi feito pelo Presidente da Aperam, Frederico Ayres Lima, em um encontro de lideranças, na última semana.

Assume o cargo a partir de janeiro de 2021, Rodrigo Heronville, na posição de diretor de RH.  Atualmente, Heronville é Diretor de RH da Services & Solutions Aperam, em Luxemburgo, com aproximadamente 2.000 empregados. A Diretoria de Produção do Circuito à Quente que estava sob o comando do Diretor, Ilder Camargo Silva, passa por uma reestruturação e ficará dividida em Operação e Desenvolvimento: O atual Diretor Operacional do Circuito a Frio, Paulo Novaes passa a Diretor Industrial de Operação e Humberto Marin como Diretor Industrial de Desenvolvimento.

Com a carreira construída e consolidada dentro da Aperam, os diretores Luiz Otávio Torres Procópio (Taia) e Ilder Camargo Silva, ambos naturais da cidade de Timóteo, deixaram um legado de busca permanente da qualidade, durante a contribuição de mais de três décadas com a Empresa. No anúncio, o Presidente Frederico Ayres Lima reforçou a valorização do trabalho em equipe e a força coletiva que tem levado a Aperam a alcançar bons resultados, em um ano particular, quando a imprevisibilidade passou a ser um componente constante do dia a dia. “Construímos alicerces para a empresa permanecer performante nos próximos anos. Esses dois grandes diretores contribuíram, incansavelmente, para os resultados de hoje. As histórias do Ilder e do Taia se misturam com a história da Aperam. Somos uma empresa com o modelo de gestão de pessoas comprometido com segurança, balizado pela proximidade e liderança pelo exemplo. Valorizamos as pessoas e investimos sistematicamente na formação de equipes e no plano de carreira ”, diz.

O presidente ressalta que a contribuição e o legado dos diretores para a Aperam são imensuráveis. “Toda homenagem, consideração e respeito por eles é pouco. O legado de recordes, evolução no circuito a quente, reconhecimento do ambiente de trabalho e uma vida dedicada à Aperam jamais será esquecido. Meus sinceros agradecimentos a vocês. Isso não é uma despedida, mas não posso deixar de destacar”, afirma.

A Diretoria Financeira (DFI) e Diretoria Comercial (DCO) permanecem lideradas por Rodrigo Villela e Rodrigo Damasceno respectivamente.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 152