Banner
Data-base de campanha na UMSA é adiada

ACampanha Salarial da Usiminas Mecânica ganhou mais prazo para ser discutida entre sindicato e empresa. A data-base foi prorrogada para 18 de janeiro de 2010, durante reunião realizada na manhã de quinta-feira (17), entre o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Ipatinga (Sindipa) e a UMSA. Outra definição foi a formação de uma comissão para debater a jornada de trabalho de 44 horas semanais. O presidente do Sindipa, Luiz Carlos Miranda, declarou que essa carga é abusiva. “Quando os trabalhadores da Usiminas foram remanejados para a UMSA no contrato continha a jornada de 40 horas. Vamos questionar isso”, criticou o presidente. A primeira reunião da comissão acontecerá hoje.

Metasita

A Campanha Salarial 2009/2010 dos metalúrgicos da ArcelorMittal também está sem avanços. Também na quinta-feira (17), representantes da Arcelor e Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Coronel Fabriciano e Timóteo (Metasita) se reuniram na Superintendência Regional do Trabalho, em Belo Horizonte para tentar algum avanço. A empresa não aceitou que a superintendência elaborasse a contraproposta e se comprometeu a apresentar a nova proposta na segunda-feira (21), às 9h.  No mesmo dia, os trabalhadores da Comit, prestadora de serviços na área de manutenção da Arcelor, se reúnem em assembléia às 17h30 para tratar da falta de avanços nas negociações. A direção do sindicato admite possibilidade de greve dos funcionários se a proposta não avançar.

 
Recursos no TSE só em 2010

A Corte do Tribunal Superior Eleitoral adiou o julgamento dos três recursos especiais relativos a tentativa do prefeito afastado de Ipatinga, Sebastião Quintão (PMDB)

voltar ao cargo. A previsão de julgamento era para a noite de quinta-feira (17). Ontem, os trabalhos do TSE foram encerrados. Os Respes só deverão ser analisados em fevereiro de 2010, quando a Corte retomar as sessões. Desta forma, permanece o imbróglio político em Ipatinga. O primeiro recurso da pauta era de nº 35.980, contra Ação de Investigação Judicial Eleitoral, movido pelo Ministério Público Eleitoral, em recurso contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral, que livrou Quintão de uma das primeiras cassações sofridas. O segundo processo era de nº 36.717, contra Ação de Impugnação de Mandato Eletivo, que cassou os mandatos do prefeito e do vice por abuso de poder político e de autoridade. O terceiro processo era o Recurso Especial Eleitoral 36.737, que também trata de uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) por abuso de poder político.

 

TRE mantém Hilário no poder

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) manteve a liminar que reconduziu o prefeito de Timóteo Geraldo Hilário Torres (PDT) e o vice, Wander Isaías (DEM), por 6 votos a 0, na última quinta-feira (17). No julgamento do mérito da Ação Cautelar 164, a Corte definiu que seria mantida a liminar concedida pela juíza Mariza Porto. A decisão de fato será com o julgamento do mérito do recurso principal, por meio do qual os segundos colocados nas eleições 2008 Sérgio Mendes (PSB) e o vice Marcelo Afonso (PR) tentam reassumir os cargos que ocuparam no dia 8 de setembro. Ainda não há data prevista para o julgamento do mérito, mas com o recesso a definição ficará para fevereiro. Na ação de investigação judicial eleitoral e de impugnação de mandato eletivo, ajuizada por Sérgio Mendes Pires (PSB), acusam o prefeito o abuso de poder econômico na campanha de reeleição.

 

18/12/09

 
Estado garante certificado ao Circuito Mata Atlântica

 

O secretário Adjunto de Estado de Turismo, Maurílio Soares, garantiu que a certificação do Circuito Mata Atlântica sairá ainda neste ano. Ele esteve em Coronel Fabriciano na última quinta-feira (10), para participar de um encontro com prefeitos dos municípios que integram o circuito, que são Marliéria, Jaguaraçu, Açucena, São Domingos do Prata, Santana do Paraíso, Coronel Fabriciano, Belo Oriente e Ipatinga. Todos eles elaboraram inventários turísticos que foram encaminhados à Secretaria de Estado de Turismo para o pedido de certificação. Segundo Maurílio Soares, até a próxima semana todas as pendências de documentação serão resolvidas. Ele frisou que a certificação do circuito trará mais recursos para os municípios investirem em turismo. “Os municípios receberão capacitação de imediato e o ICMS Turístico a partir de 2011. Eles terão mais oportunidade de captar recursos junto ao Ministério do Turismo e Estado”, disse.

Maurílio Soares ressaltou que o turismo é um nicho de mercado pouco explorado no Brasil ainda. Atualmente ele corresponde a apenas 2% da força de trabalho no país. “O turismo ainda engatinha no Brasil. Vale ressaltar que trata-se de um setor que prima pela preservação do meio ambiente. Se ele não estiver sadio não existe turismo”, comentou. A vice-presidente do circuito, Regina Rolla, lembrou que demorou quase dez anos para o sonho sair do papel. “É importante a participação ativa de cada município. Agora com a certificação vamos trabalhar para compensar esse longo tempo de espera”.

 

Renda

O Secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Fabriciano, Bruno Torres, destacou que nos municípios do circuito que não tem tradição industrial os recursos vão trazer melhoria para a economia. “Essas cidades precisam muito de recursos para melhorar as condições de vida dos cidadãos, gerar renda e trazer vida mais digna para todos. O turismo na interação com outros setores é um grande alavancador da geração de emprego e renda”, observou.

 

 
<< Início < Anterior 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Próximo > Fim >>

Página 26 de 46

Publicidade

vip m s.jpg