Banner

Tigre joga para voltar à liderança

OIpatinga joga logo mais em Uberaba buscando mais uma vitória e retornar à liderança do campeonato mineiro. A partida será às 19h30, no estádio Uberabão com o Tigre entrando em campo com seis jogadores pendurados com dois cartões amarelos, cinco são titulares: o volante Max Carrasco; os laterais, Luizinho e Marinho Donizete; o goleiro Douglas e o meia Reina, além do reserva Patrick.

O Tigre está com 16 pontos na segunda colocação uma vez que o Cruzeiro assumiu a ponta ao golear o Uberaba na quinta-feira, no Mineirão por 5 a 0, em partida adiada da quinta rodada.

O Ipatinga terá Max na zaga após cumprir suspensão. Se o técnico Gilson Kleina optar pelo esquema com três zagueiros, Max e Thiago Mathias são titulares absolutos, ficando a outra vaga em aberto para Patrick e Sílvio.

No ataque Alessandro e Amilton começam jogando. O atacante Jajá se recuperou de uma contusão na coxa esquerda e segue como opção de banco. O mais provável Ipatinga: Douglas, Max, Thiago Mathias e Sílvio (Patrick); Luizinho (Afonso), Max Carrasco, Jaílton, Reina e Marinho Donizete; Alessandro e Amilton.

Gilson Kleina comandou ontem um treino apronto, na Toca da Raposa II. A delegação ipatinguense deixa BH em vôo fretado hoje pela manhã, saindo da Pampulha, às 10h.

O retorno será após a partida, a aeronave descerá no aeroporto da Usiminas, em Santana do Paraíso. Folga no domingo e na segunda pela manhã a reapresentação iniciando a preparação para a partida contra o Ituiutaba, no próximo sábado, no Pontal do Triângulo.

Uberaba - O time do Triângulo vem de uma vexatória derrota para o Cruzeiro, quando levou cinco gols no Mineirão, na quinta-feira. O time caiu de produção, sofreu a segunda derrota na competição e precisa recuperar em casa para ficar entre os oito que se classificam para a próxima fase. O Zebu mesmo perdendo continua na sétima posição, com 9 pontos, tem duas vitórias e três empates.

 
Tigre vence Uberlândia no Mineirão e briga pela liderança

O Ipatinga confirmou a boa fase jogando no Mineirão e conquista mais três pontos,time já briga pela liderança do Campeonato Mineiro de 2010. Com a vitória em cima do Uberlândia por 2 a 1, na sexta-12,chegou a sete pontos, subindo na tabela e deixando o time do Triângulo em situação complicada. Os gols foram de Reyna e Jaílton, com William descontando.

Diante de um Mineirão completamente vazio, o Ipatinga foi melhor no primeiro tempo,quando criou as melhores chances e marcou duas vezes. Aos 12min, Reyna tocou na saída do goleiro e abriu o placar.

Logo em seguida, Luizinho cobrou falta para a área, Jaílton ficou com a sobra e mandou para as redes, fazendo 2 a 0. O mesmo Jaílton por pouco não ampliou, em chute que carimbou o travessão e depois a trave.

No segundo tempo, o Uberlândia voltou disposto a reagir. O Ipatinga, por sua vez, procurou controlar a partida, saindo nos contra-ataques para buscar o terceiro gol. Mas foi o time do Triângulo quem marcou, aos 17min, com William, em belo chute de fora da área. Nos acréscimos, aos 47, o alviverde quase chegou ao empate. Emerson cobrou falta com perfeição, mas a bola carimbou o travessão.

O Ipatinga, que teve o mando de campo a favor, atuou no Mineirão em função da reforma no Ipatingão.

O Tigre volta a campo contra o América, na quarta-feira, dia 17, em partida que poderá valer a liderança do Estadual. O confronto será também no estádio da Pampulha. Na mesma data, o Uberlândia buscará a recuperação em casa, diante do Democrata-GV.

(Redação c/ Superesportes)

 
Gilson Kleina de volta ao Tigre

 

OIpatinga anunciou,na quinta-feira, a contratação do seu novo treinador. Gilson Kleina, que comandou o Tigre em 2007, está de volta à equipe do Vale do Aço. O treinador estava no Boa Vista (RJ) e fica no Ipatinga até o final do Campeonato Brasileiro da Série B. O auxiliar Jair Leite também se transferiu para o clube.

A apresentação do treinador foi ontem em um hotel de Lagoa Santa, onde a delegação do Ipatinga está concentrada para a partida diante do Cruzeiro, hoje, às 17h, no Mineirão. Gilson assistirá ao jogo de uma cabine do Gigante da Pampulha, enquanto o auxiliar técnico do Ipatinga Gerson Evaristo comandará a equipe dentro de campo.

O treinador participará da preleção com os atletas antes da partida, mas só assumirá o Tigre oficialmente na segunda-feira. Gilson Kleina é o substituto de Flávio Lopes, que se desligou do Ipatinga na última segunda-feira. O time para enfrentar o Cruzeiro está definido após os treinamentos da semana, comandados pelo auxiliar Gerson Evaristo que faz algumas mudanças no time. Douglas, Márcio Alemão, Thiago Matias e Max; Luizinho, Max Carrasco, Jailton, Francismar e Marinho Donizete; Amilton e Jajá. A delegação retorna ao Vale do Aço após a partida. A reapresentação será na segunda-feira ao técnico Gilson Kleina.

 

 

 
Futebol de luto Morreu Luciano Pascoal

Ofutebol de Minas e do Vale do Aço se despediu de Luciano Pascoal, ele morreu na madrugada de terça-feira aos 53 anos, vítima de hepatite C, sendo sepultado no final da tarde do mesmo dia, no Cemitério Parque Vale da Saudade, em Coronel Fabriciano. O velório começou pela manhã, assim que foi divulgada a notícia os amigos foram chegando aos poucos, em sua maioria, perplexos com a perda de um grande desportista que reuniu em sua volta em vida milhares de fãs, torcedores de diversos clubes por onde passou, seja como jogador, seja como treinador. O caixão estava coberto com as camisas do Social de Fabriciano e do ideal de Ipatinga. De família tradicional na cidade, eram muitos amigos de infância, ex-jogadores, dirigentes, colegas de trabalho por onde passou. O Vale ficou mais triste, está de luto.

Ele sofria de hepatite C (inflamação no fígado) foi internado na segunda-feira e não resistiu às complicações. Deixa viúva Irany Pascoal Oliveira e uma filha, Isabela, de 22 anos, cursando medicina. Luciano era filho de Nilson Filgueiras e Malba Pascoal, a Dona Zoca.  A hepatite foi detectada há cerca de um ano, ele começou a fazer o tratamento a base de injeções muito doloroso. Quando descobriram a doença, ele já estava com o fígado bastante danificado, relatou a mãe do jogador aos repórteres.

 

Uma trajetória vitoriosa

Tudo começou no Social, na década de 70, o Vasco veio Jogar em Coronel Fabriciano, e Luciano ainda com 16 anos, apelidado de Tostãozinho, pelo seu futebol refinado, no estilo do craque Tostão, encantou os dirigentes do Vasco que o levaram para São Januário. Ficou no Vasco até se profissionalizar. Uma lesão séria no Joelho não deixou que ele prosseguisse no Vasco, voltando a Minas Gerais, jogou pelo América e Vila Nova, Atlético/GO, Galícia da Bahia e por último o Social, onde encerrou a carreira.

Abandonando o futebol ele foi trabalhar como repórter, na Rádio Educadora no departamento de jornalismo e depois do Esporte, onde ficou por um curto período.

De volta ao futebol Luciano teve a sua primeira experiência na carreira de treinador no Grembel, time amador do bairro Bela Vista, em Ipatinga para depois iniciar de fato a sua trajetória de técnico no Ideal, sendo campeão amador de Ipatinga em 1986. Nas categorias de base do Cruzeiro ele se deslanchou na profissão, levado pelos amigos da Máfia Azul Vale do Aço, Hélvio Vitarelli, Osmar Amorim, Wander, na gestão de César Massi e Lidson Postch Magalhães. Foi auxiliar técnico de Carlos Alberto Silva, Jair Pereira, Ênio Andrade e Antonio Lopes, todos no Cruzeiro. Trabalhou como técnico no Social, Ideal já no profissional; Vila Nova, de Nova Lima; Guarani/MG, Mogi Mirim/SP, Esportiva de Guaxupé/MG, Flamengo de Varginha e por último no Pouso Alegre ano passado na Terceira Divisão do Mineiro.

Pessoa carismática, sempre acreditou no seu trabalho e nos muitos amigos de confiança que tinha dentro do futebol. O lado família sempre falou mais alto. Chegou a rejeitar bons contratos por não querer se afastar da família, recusou o convite do Mamoré, de Patos de Minas, no Módulo II ano passado.

Além de ser muito apegado aos pais e irmãos, tinha um amor incondicional, mais do que especial pela filha Isabela e pela esposa Irany, esta que foi a sua maior incentivadora e compreensiva nos momentos distantes. Luciano Pascoal deixa um legado no futebol da região e de Minas, e uma legião de amigos.

 
Gramado do Ipatingão será aproveitado em campos

Esporte e lazer estão diretamente associados à qua lidade de vida. Por isso a prefeitura de Ipatinga, por meio da Secretária de Cultura, Esporte e Lazer, está expandindo o acesso da população às praças esportivas. Elas estão se tornando um espaço em que as pessoas podem usar seu tempo livre de forma saudável e prazerosa. Com a substituição do gramado do Estádio Ipatingão – diversos campos de futebol da cidade serão beneficiados com a grama que esta sendo retirada do Ipatingão. O trabalho de revitalização das praças esportivas é um esforço conjunto das secretárias de Cultura, Esporte e Lazer, Obras e Serviços Urbanos e Meio Ambiente.

Dentre os campos favorecidos com o novo gramado está o campo do Palmeiras (próximo ao Batalhão), no Canaã. Com essa ação integrada o Governo está criando mais um local de lazer para a população dos bairros Canaã e Vila Celeste. A Prefeitura de Ipatinga também está negociando para que o Clube do Palmeiras, que já disputa os campeonatos amadores promovidos pela Liga de Desportos de Ipatinga (LDI), possa usar o espaço como local de treinamento do time. Igualmente, no campo do Canaãzinho o terreno está sendo preparado para receber o gramado. As intervenções estão sendo realizadas com recursos próprios.

De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Cemário Campos, é uma determinação do prefeito Robson Gomes recuperar praças esportivas possibilitando a participação da população em campeonatos, torneios, eventos esportivos e de recreação.

 

Futebol Amador

A Prefeitura de Ipatinga também está construindo alambrados e vestiários em quatro campos do município. O investimento de mais de R$550 mil está garantido, através de recursos da Caixa, por intermédio do Programa Esporte e Lazer na Cidade (Pelc). O convênio da PMI com a Caixa estabelece a construção de alambrados nos campos do Bethânia e do Vila Celeste. Já os vestiários serão construídos nos campos do Bethânia, do Ideal, do Barra Alegre e do Vila Celeste.

Mesmo estando fora do cronograma de obras de revitalização das praças esportivas o campo do Iguaçu também está de cara nova. A prefeitura pintou o complexo e reformou o vestiário.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Próximo > Fim >>

Página 3 de 9