Banner

Parabólica

Mínimo em 2010

O salário dos trabalhadores brasileiros será de R$ 510,00 a partir de 1º de janeiro. Aprovado o reajuste ficam as expectativas de uma melhora na economia por parte das classes C e D ao final de cada mês. Se houve aumento de salário, com certeza terá aumento de coisas básicas que acompanham este reajuste. Vem logo aquela desculpa, o salário subiu então não tenho como não aumentar a minha mercadoria, a minha prestação de serviço. Não se iluda, é o que veremos na prática durante o mês de janeiro e meses subseqüentes. No Brasil este procedimento é muito usado para que os produtos sejam majorados. Aí fica na mesma, o mísero salário continuará não dando para nada. Se aumenta a migalha, o resto acompanha. O podre continua o mesmo, lutando heroicamente contra tudo e contra todos. E só falar em aumentar o SM que tudo sobe, até rola bamba de aposentado continua valorizada e em riste.

 

Virada no Parque

A passagem de ano, ou seja, a virada de Ano  será no Parque Ipanema, uma ótima opção para quem não quer ficar em casa. A partir de 17h as atrações sobem ao palco. A movimentação esperada é de dezenas de milhares de pessoas que vão passar por lá na noite da Virada. Como a educação ambiental exige de cada pessoa, o respeito pela natureza. Sendo assim você que vai estar lá nessa noite, faça a sua parte, não jogue objetos, resto de lanche, comida em qualquer canto, utilize os recipientes próprios para o lixo. Não destrua as árvores, canteiros, jardins. Não jogue lixo na Lagoa do Parque. O espaço é público, é o nosso cartão de visita, e um espaço utilizado por todos. O Parque Ipanema é o nosso orgulho. Vamos ajudar a conservá-lo, mantê-lo majestoso.

 

Parque Ipanema

Já que comentamos acima sobre o nosso majestoso parque, lugar de passeios, tranqüilidade, caminhadas, recreação, lugar para descansar. Ainda fica devendo o sistema de alimentação. Falta uma ou mais lanchonetes no interior do parque; um quiosque para atender a comunidade com higiene, boa prestação de serviço. Com a construção desses empreendimentos atenderia a demanda de visitantes e usuários, melhoraria a imagem do setor. Hoje o que temos é um amontoado de barracas, carrocinhas, carrinhos, que a cada dia cresce na informalidade ao longo da avenida que margeia o parque. O pior, se a Vigilância Sanitária for autuar os barraqueiros e agregados, não sobra um. Dá medo só de olhar para alguns que estão fritando salgados ou queimando os churrasquinhos. Não há higiene como manda a Vigilância. Basta passar por lá e verificar, se você não estiver acreditando. É um local público e por se tratar de local público é bom que se tenha a eficiência da fiscalização e da proibição. Esperamos que depois do dia 1º de janeiro, as coisas possam mudar de fato e a Lei ser cumprida. Criar outras opções como destacamos acima, a construção de lanchonetes e quiosques, com o padrão de qualidade e higiene que determina a Vigilância Sanitária. A administração desses novos pontos de atendimentos alimentares seriam através de licitações para comodatos, exploração terceirizada, sob a regime do governo municipal, atendendo normas e regras estipuladas na exploração dos serviços. Quem sabe, isso possa ser uma realidade na próxima década?

 

26/12/09

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 4 de 23