Banner

Parabólica

Tempestade Vale do Aço na segunda
A região do Vale do Aço foi atingida por uma tempestade de forte intensidade no final da tarde desta 2ª-feira-09/11, que derrubou árvores em vários bairros das cidades de Ipatinga e Coronel Fabriciano, além de outras cidades da região como Timóteo, Jaguaraçu, Marliéria, Antônio Dias, Ipaba, Naque e Periquito.
Em conseqüência da queda de árvores e objetos que atingiram a rede elétrica houve falta de energia nestas regiões, cujo atendimento foi disparado imediatamente às ocorrências.
Aproximadamente 57 mil instalações ficaram sem energia durante a tempestade, sendo que cerca de 95% deste total foi restabelecido ainda durante a noite da 2ª-feira. Diversas equipes trabalham para o restabelecimento da energia aos demais clientes, sendo que a prioridade é a eliminação de riscos de acidentes com a população devido a grande quantidade de fios condutores rompidos por árvores e outros objetos lançados à rede elétrica por força do vento. A Cemig mobilizou diversas equipes para o restabelecimento das regiões atingidas, cujo contingente mobilizado foi composto por mais de 15 equipes de restabelecimento, totalizando cerca de 50 eletricistas, 10 técnicos e 03 engenheiros. É assim que se deve prestar um bom serviço.

Rodovia 458
Av. Cláudio Moura
Atenção redobrada para quem vem por esta via, sentido Cariru centro. Os veículos que entram na rodovia vindo das ruas Varginha, Pouso Alegre, Juiz de Fora, Poços de Caldas, levam pânico aos motoristas que estão trafegando com certa velocidade pela BR (Av. Cláudio Moura). Os motoristas que saem dessas ruas entram com tudo, sem esperar, entram na frente, colocando em risco a vida dos outros, por pouco não provocam graves acidentes. É preciso ter mais atenção, respeitar a preferência para não morrer ou matar.
Tigrinho ou gatinho?
O Ipatinga está numa situação dificílima na Série B, quase caindo para a Série C. Da mesma forma que ele caiu no Mineiro e no Brasileiro de 2008, muitos não acreditaram nessa possibilidade, alguns mais apaixonados da crônica, também diziam que o time não caía. Pois é: caiu. Agora a história se repete. Os dirigentes, por mais que negaram durante a competição, já enxergam a realidade. O fantasma da Série C está vivo. O elenco é péssimo. De nada adiantou a troca de treinadores, Marcelo Oliveira, Emerson Ávila, Evaristo e agora Flávio Lopes. E agora José? Quem poderá me salvar? O jogo de hoje contra o Atlético de Goiás é o tiro de misericórdia, se ganhar mantém a esperança, a luz acessa; se perder, vê o inferno da famigerada Série C.

Os cornos de Lagoa da Prata
Uma lista publicada no Orkut, contendo nomes de pessoas infiéis no relacionamento amoroso (casais), na semana passada na internet deu o que falar em Lagoa da Prata, cidade da região central do Estado. Os nomes com os seus respectivos cornos causaram muito alvoroço na cidade.  A justiça foi acionada e os criminosos, por assim dizer, estão sendo investigados e o site retirado do ar por determinação da justiça. As supostas infidelidades dos amantes dessa lista de Lagoa da Prata e seus cornos, estão deixando muita gente de outras cidades com a pulga atrás da orelha, inclusive por estas bandas daqui. SE A MODA PEGA... 
Já no Rio de Janeiro “Solene Corno” – Essas e outras expressões no mínimo curiosas, foram usadas por um juiz numa sentença do 1º Juizado Especial Cível. A decisão foi dada em um processo em que o marido traído acusa o amante de sua mulher de calúnia e ofensa à honra e pede danos morais. O magistrado julgou o pedido improcedente e o processo arquivado.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 9 de 23