Banner

Geral


Servidores congestionam estacionamento do Faixa Azul

Os engarrafamentos de carros nos corredores de passagem do estacionamento do Faixa Azul do centro, ao lado da Prefeitura de Ipatinga, tem se tornado constantes. Nos horários de pico longas filas formam-se na via de saída de carros e o tempo de espera pode passar de dez minutos para sair do estacionamento. Os motivos para esse caos diário são vários, entre eles o grande número de servidores da Prefeitura de Ipatinga que utilizam o local, direito concedido a eles gratuitamente. A gerente do Faixa Azul, Gilda Gomes Portela, informou que existem 433 funcionários cadastrados e apenas 411 vagas. Segundo ela, nos horários de entrada e saída de servidores o congestionamento aumenta.

Para solucionar o problema, a gerência do Faixa Azul encaminhou por meio de ofício as reclamações dos usuários com algumas sugestões de melhorias.  Uma das alternativas apontadas pela administração do estacionamento é a diminuição de servidores municipais cadastrados. “A superlotação de servidores contribui para isso, vamos conversar com a prefeitura para tentar diminuir esse número de pessoas autorizadas”, comentou Gilda Gomes. De acordo com ele, a outra alternativa é separar as vias de entrada e saída para melhor o fluxo de veículos. “Estamos aguardando um retorno da administração para a próxima semana”, disse a gerente. O estacionamento é administrado pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ipatinga (Apae).

 
Gripe A não é motivo para pânico, diz infectologista

O avanço da gripe suína no País levantou uma série de dúvidas na população e hipóteses na comunidade médica. Enquanto pesquisadores dividem opinião sobre o real perigo do vírus H1N1, os brasileiros tentam se proteger de todas as formas do contágio. Já virou moda, por exemplo, as “correntes” enviadas por e-mail contendo mensagens catastróficas sobre a gripe suína. Outros mandam dicas de como evitar a contaminação, muitas vezes de forma errada. Em Ipatinga, esta semana morreu um idoso de outra cidade no Hospital Márcio Cunha, com suspeita da Gripe A. Os exames para confirmação do caso estão sendo avaliados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e aguardados pela Secretaria de Estado da Saúde. Até o momento foram confirmados no Vale do Aço apenas quatro casos de gripe suína, mas os infectados se recuperaram sem maiores problemas.

A infectologista da rede municipal de saúde de Ipatinga, Carmelinda Lobato de Souza, informou que o momento é de preocupação, mas não de pânico. “Digo isso porque trata-se de um vírus novo, mas não é motivo para alarme, pois já ficou constatado que o vírus não é tão agressivo como se pensava. Até o momento ele está se comportando com um número de mortes menor do que as causadas pela gripe comum”, declarou Carmelinda. De acordo com ela, as pessoas inseridas no grupo de risco é que devem ficar mais atentas. São elas: gestantes, idosos, crianças, pessoas com problemas de coração e pulmão, hipertensos e diabéticos. “Essas pessoas devem evitar viajar para locais onde o contágio está maior, por exemplo”, comentou. Sobre uma possível mutação do vírus para uma forma mais agressiva de gripe, Carmelinda Lobato informou que atualmente essa chance é muito pequena.  “Acredito que se tivesse que acontecer já teria acontecido”, falou.

Em relação aos cuidados para evitar o contato com o vírus, Carmelinda Lobato reforçou que o uso da máscara só é válido para profissionais da saúde. “Ela só tem valor efetivo para o profissional de saúde que vai atender paciente com gripe A, ela deve ser trocada a cada duas horas. A população geral deve evitar aglomerações, lavar sempre as mãos e usar álcool em gel. Se tiver sintoma de gripe é melhor ficar em casa e sempre usar lenço de papel”, orientou. Na opinião da especialista a situação do Vale do Aço é tranqüila. “Na região tivemos até o momento apenas quatro casos confirmados e todos foram importados do Chile e Argentina. Nossa situação é tranqüila”, ressaltou Carmelinda Lobato.

 
Rede estadual retoma aulas de olho na Gripe A

Depois de adiar o reinício das aulas do dia 3 para essa segunda-feira (10), em função da Gripe A, a rede estadual de ensino retoma os trabalhos com uma preocupação a mais. Os professores da rede estadual da região e demais localidades do Estado receberam nesta semana treinamentos sobre formas de detectar alunos doentes e quais providências tomar diante de uma suspeita. No início da semana, as prefeituras de Ipatinga e Timóteo resolveram aderir a orientação da Secretaria Estadual de Saúde e adiaram o início das aulas para segunda-feira também. Apenas a administração municipal de Coronel Fabriciano manteve o retorno para o dia 3, alegando não haver motivos para a suspensão. Em todas as cidades foram ministrados treinamentos para os educadores.

A diretoria da Superintendência Regional de Ensino (SRE), sediada em Coronel Fabriciano, Elizabeth Anareli, informou que durante a semana todas as 76 escolas das onze cidades da jurdisdição passaram por treinamento com agentes de saúde da Gerência Regional de Saúde. “Durante toda a semana, professores e diretores estudaram sobre a doença, principalmente a forma de detectá-la e avisar aos pais sobre o fato. Na próxima semana faremos uma reunião com os pais em todas as escolas para debater o assunto”, explicou.

Na opinião da diretoria, o adiamento do retorno às aulas foi produtivo, tendo em vista que muitos alunos viajaram no período de férias. A rede estadual das onze cidades possui cerca de 70 mil alunos. “Na região não temos muitos casos, mas em cidades como Belo Horizonte o perigo de contágio é maior. E sabemos que alguns alunos viajaram nas férias. Então durante essa semana eles puderam ficar em casa e se por acaso alguém estiver contaminado dá tempo de apresentar os primeiros sinais antes de voltar à escola. Essa medida foi mais prudente do que colocar todos os alunos juntos nesse período”, justificou Elizabeth Anareli.

 
CPI erra data de convocação

O prefeito de Coronel Fabriciano, Chico Simões (PT) e o Chefe do Departamento Operacional da Copasa no Leste, Valério Parreira, encontraram as portas da Câmara Municipal fechadas no último domingo (2). É que eles foram convocados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) para prestar esclarecimentos nesta data. No entanto, eles não encontraram ninguém porque a comissão errou a data da convocação, conforme informou o presidente da CPI, Nivaldo Lagares Pinto, o Querubim (PDT). “Pensamos que dia 2 era segunda-feira e comentemos esse equívoco, mas já nos desculpamos e vamos marcar nova data para os depoimentos”, declarou.

Segundo o vereador, após colher os depoimentos a comissão vai elaborar o relatório. A CPI apura denúncias de supostas irregularidades na renovação do contrato entre a administração municipal e a Copasa de concessão para construção da ETE na cidade. No entanto, Chico Simões não gostou do equívoco e já avisou que não vai comparecer à CPI em nova data. “O que eles estão questionando não é em relação a minha gestão. Mas ao receber o comunicado compareci à câmara junto com o representante da Copasa, mas demos com a porta na cara. Vou entrar com recurso e não volto lá mais”, disse o prefeito.

 

 
Semana Cultural

Como parte das discussões, os artistas se organizaram e, com apoio do Usicultura, farão uma Mostra Cultural, de 10 a 14 de agosto no Centro Cultural Usiminas, no Shopping do Vale do Aço. A Mostra Cultural começa na segunda-feira, dia 10, com o “Chá com Letras Especial”, uma parceria do Clube dos Escritores de Ipatinga, Biblioteca Central de Idéias e Entreactos Café, evento que vai contar com participação de escritores e poetas apresentando seus trabalhos.

No dia 11, apresentação dos artistas da música, dentre eles, os corais Usina Intendente Câmara, Gente Nossa, Coral Juvenil Intendente Câmara e Coral Viva Voz, além da cantora Bela Guerra, Mad House e de Nary Farias, dentre outros.

Na quarta-feira, dia 12, é o momento da dança com apresentação dos grupos Hibridus, Flux Cia. de Dança, Orfeu, Ponta Pé, MeiaCia Dança-Teatro, Novo Proceder (Hip Hop), Academia Rosaly Coura, Hagios, Gessé Rosa (com o espetáculo Artaud), Academia Olguin, Conexão Entreactos, Compasso, Academia Corpo e Movimento.

Na quinta-feira, dia 13, será a vez das apresentações teatrais: Rubens Feliciano, Elias Ferreira, Cortejo de Palhaço com o Grupo Farroupilha, Perna de Palco (Rádio Gogó de Ouro), Teatro Para Cidadania - Cabaré Valentin (Ida ao Teatro), Entreactos (Hoje é dia de Balé), Cia Bruta e Teatro (Quem não tem cão, caça com gato), MeiaCia Dança-Teatro, Cia Corpo de Prova (Performance) e Cleide Yáconis. Cada grupo fará apresentação de 10 minutos.

Durante a Mostra de Cultura obras dos artistas plásticos da região fiarão expostos no Foyer do Teatro. A Semana Cultural, bem como a Conferência Municipal de Cultura, terá seu ponto alto com uma grande mobilização no Parque Ipanema, no domingo, dia 16. Durante todo o dia, os artistas se revezarão com as mais diversas apresentações para mostrar o trabalho do Movimento Cultural do Vale do Aço.

A Conferência Municipal de Cultura, acontece dia 15, no 7º andar da Prefeitura, das 8h às 18h.

 
<< Início < Anterior 41 42 43 44 45 46 47 Próximo > Fim >>

Página 42 de 47