Banner

Geral


Doses homeopáticas contra a dengue continuam disponíveis

APrefeitura Municipal de Ipatinga, por meio da Secretaria de Saúde, informa que ainda estão disponíveis nas unidades de saúde as doses homeopáticas para aumentar a resistência das pessoas ao vírus da dengue. O fornecimento das doses à população teve início em maio. Mais de 170 mil doses já foram distribuídas e ainda há cerca de 90 mil à disposição. Toda a população pode tomar o composto.

A dose não deixa a pessoa imune à dengue. O melhor remédio contra a dengue é não deixar água parada. Por isso, a população deve continuar fazendo a sua parte. A dose é reconhecida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A portaria número 971 do Ministério da Saúde, de 03 de maio de 2006, aprova a política nacional de práticas integrativas e complementares (PNPIC) no Sistema Único de Saúde e prevê o uso da homeopatia em ações contra endemias e epidemias. A pesquisa e a aplicação da medicação possuem como base esta portaria.

 

Efeitos

As doses servem como auxílio para amenizar a febre, as dores no corpo e diminuir os riscos de complicações da dengue. O uso da homeopatia em saúde coletiva representa uma medida complementar a todas as ações de saúde pública, e vem sendo utilizada como coadjuvante, buscando conter e minimizar a evolução e os agravos da dengue.

O medicamento pode reduzir a febre e dores pelo corpo nos pacientes que já contraíram a doença. Quem nunca teve dengue também pode tomar a dose para que a manifestação do vírus não seja intensa em caso de infecção. O complexo homeopático não é vacina, logo, não imuniza contra a doença, mas auxilia no controle de sintomas. A dose não tem efeitos colaterais.

 
Autotrans tenta impedir passe livre na Justiça

 

A concessionária de serviços de transporte coletivo municipal em Timóteo, Autotrans, entrou com um pedido de liminar na Justiça para suspender os efeitos da Lei Municipal nº 2.964, promulgada em 17 de junho deste ano, que concede o passe livre para pessoas com idade a partir de 60 anos e deficientes carentes. A Lei Federal prevê o benefício a partir de 65 anos. Por enquanto é só essa lei que vigora na cidade. O gerente administrativo da Autotrans de Timóteo, Newton Augusto Silva, informou que a medida pode gerar um grande impacto na planilha de custos. “Se isso acontecer a passagem pode aumentar, porque temos custos com pneus, combustíveis, entre outros, porque alguém tem que pagar pela gratuidade dos outros”, declarou. Segundo o gerente, 25% da receita do dia é reservada à gratuidade. “A implantação da lei semelhante em Ipatinga gerou uma queda de 8% na receita. Aqui não será diferente. Tentando dialogar com vereadores e o prefeito da cidade, mas como não tivemos êxito recorremos à Justiça para tentar barrar essa lei”, disse Newton.

 

 
Timóteo sediará Congresso Nacional de Parkinsonianos

O Instituto Parkinsoniano de Minas Gerais organiza o Congresso Nacional de Parkinsonianos, que acontecerá nos dias 5, 6 e 7 de novembro deste ano, em Timóteo. Para angariar fundos para a manutenção da entidade e realização do evento, a sede do instituto em Timóteo realizada vários eventos. O próximo deles será a Feijoada Parkinsoniana, no dia 2 de agosto. O presidente da entidade, Gervásio Pierre, informou que o evento terá a participação de doze estados. As atividades serão dividas no teatro da Fundação ArcelorMittal, clube Campestre, Sinttrocel e Oikós. “O principal foco das discussões será formas de captação de recursos para entidades filantrópicas. Com apoio da Arcelor pretendemos dar cursos para entidades que vão participar do evento. Também vamos oferecer palestras para cuidadores de pacientes e familiares. Serão abordados temos como nutrição e avanços da medicina também”, detalhou o presidente.

Atualmente o instituto conta com ajuda da administração municipal. Em 22 de maio foi sancionada 22 a lei 2.943 que autoriza o executivo municipal a celebrar convênio com a entidade. “Esperamos poder traçar novas metas com essa parceria que vai nos ajudar muito”, comentou Gervásio. O instituto conta com uma equipe multidisciplinar que dá assistência para pacientes com a doença.

 
Cenibra realiza campanha de combate a incêndios florestais

 

Por acreditar que o comportamento responsável é a melhor forma de evitar os incêndios florestais, a Cenibra realiza anualmente uma campanha para promover a conscientização das comunidades a respeito do combate às queimadas. A campanha contempla as comunidades com palestras educativas.

O tema deste ano é “Por trás desta paisagem existe o seu alô”.  A empresa comemora a efetividade da participação da comunidade no trabalho de preservação do meio ambiente. O ato voluntário de ligar para o 0800 283-1291, número de atendimento gratuito disponibilizado pela empresa, e comunicar qualquer sinal de queimada, contribuiu significativamente para as ações de combate e o monitoramento das áreas em 2008.

 

FOGO

Os incêndios Florestais causam diversos danos à vida. Destroem a camada orgânica do solo, propiciam o surgimento de erosões, reduzem a resistência das árvores, matam animais ou destroem o habitat natural, danificam propriedades, além de causarem danos à saúde do homem.

É disponibilizado para as comunidades um telefone gratuito para receber informações sobre incêndios florestais: 0800 283-1291. Após receber a ligação, uma equipe da empresa verifica a veracidade das informações e toma as devidas providências.

Com uma equipe sempre pronta a prevenir ou combater qualquer sinal de incêndio, a Cenibra reforça seu compromisso em proteger o patrimônio florestal ecológico.

 

 
<< Início < Anterior 41 42 43 44 45 Próximo > Fim >>

Página 45 de 45