Banner

A História dos Sapinhos…

Era uma vez um grupo de sapinhos que organizaram uma competição.

O objetivo era alcançar o topo de uma torre muito alta.

Uma multidão se juntou em volta da torre para ver a corrida e animar os competidores...

A corrida começou...

Sinceramente: Ninguém naquela multidão toda realmente acreditava que sapinhos tão pequenos pudessem chegar ao topo da torre. Eles diziam coisas como: “Oh, é difícil DEMAIS!! Eles NUNCA vão chegar ao topo” ou: “Eles não tem nenhuma chance de sucederem. A torre é muito alta!”

Os sapinhos começaram a cair. Um por um... Só alguns poucos continuaram a subir mais e mais alto... A multidão continuava a gritar “É muito difícil!!! Ninguém vai conseguir!” Outros sapinhos se cansaram e desistiram... ...Mas UM continuou a subir, e a subir... Este não desistia!

No final, todos os sapinhos tinham desistido de subir a torre. Com exceção do sapinho que, depois de um grande esforço, foi o único a atingir o topo!

Naturalmente, todos os outros sapinhos queriam saber como ele conseguiu?

Um dos sapinhos perguntou ao campeão como ele conseguiu forças para atingir o objetivo?

E o resultado foi… Que o sapinho campeão era SURDO!!!

Nunca dê ouvidos a pessoas com tendências negativas ou pessimistas, porque eles tiram de você seus sonhos e desejos mais maravilhosos. Aqueles que o Senhor colocou no seu coração! Sempre se lembre do poder das palavras. Porque tudo o que você falar, ouvir e ler irá afetar suas ações!

Portanto: Seja SEMPRE POSITIVO. E acima de tudo: Seja SURDO quando as pessoas dizem que VOCÊ não pode realizar SEUS sonhos!

Sempre pense: Eu POSSO TODAS AS COISAS NAQUELE QUE ME FORTALECE!!!

 
Estamos com fome de amor...

Arnaldo Jabor

Oque temos visto por aí??? Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros e transparentes.
Com suas danças e poses em closes ginecológicos, cada vez mais siliconadas, corpos esculpidos por cirurgias plásticas, como se fossem ao supermercado e pedissem o corte como se quer... mas??? Chegam sozinhas e saem sozinhas...
Empresários, advogados, engenheiros, analistas, e outros mais que estudaram, estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos...
Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os novíssimos “personal dancer”, incrível.
E não é só sexo não! Se fosse, era resolvido fácil, alguém dúvida?
Sexo se encontra nos classificados, nas esquinas, em qualquer lugar, mas apenas sexo!
Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, sem necessariamente, ter que depois mostrar performances dignas de um atleta olímpico na cama... sexo de academia...
Fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que vão “apenas” dormir abraçadinhos, sem se preocuparem com as posições cabalísticas...
Sabe essas coisas simples, que perdemos nessa marcha de uma evolução cega.
Pode fazer tudo, desde que não interrompa a carreira, a produção...
Tornamo-nos máquinas, e agora estamos desesperados por não saber como voltar a “sentir”, só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão distante de nós...
Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada nos sites de relacionamentos “ORKUT”, “PAR-PERFEITO” e tantos outros, veja o número de comunidades como: “Quero um amor pra vida toda!”, “Eu sou pra casar!” até a desesperançada “Nasci pra viver sozinho!”
Unindo milhares, ou melhor, milhões de solitários, em meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos, plásticos, quase etéreos e inacessíveis, se olharmos as fotos de antigamente, pode ter certeza de que não são as mesmas pessoas, mulheres lindas se plastificando, se mutilando em nome da tal “beleza”...
Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento, e percebemos a cada dia mulheres e homens  com cara de bonecas, sem rugas, sorriso preso e cada vez  mais sozinhos...
Sei que estou parecendo o solteirão infeliz, mas pelo contrário...
Pra chegar a escrever essas bobagens?? (mais que verdadeiras) é preciso ter a coragem de encarar os fantasmas de frente e aceitar essa verdade de cara limpa...
Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia isso é julgado como feio, démodê, brega, famílias preconceituosas...
Alô gente!!! Felicidade, amor, todas essas emoções fazem-nos parecer ridículos, abobalhados... Mas e daí?  Seja ridículo, mas seja feliz e não seja frustrado... “Pague mico”, saia gritando e falando o que sente, demonstre amor...
Você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais...
Perceba aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca mais volte a vê-la, ou talvez a pessoa que nada tem haver com o que imaginou mas que pode ser a mulher da sua vida...
E, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso a dois...
Quem disse que ser adulto é ser ranzinza?
Um ditado tibetano diz: “Se um problema é grande demais, não pense nele... E, se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?”
Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o dedo, assistir desenho animado, rir de bobagens e ou ser um profissional de sucesso, que adora rir de si mesmo por ser estabanado...
O que realmente, não dá é para continuarmos achando que viver é out... ou in...
Que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo, que temos que querer a nossa mulher 24 horas, maquiada, e que ela tenha que ter o corpo das frutas tão em moda, na TV, e também na playboy e nos banheiros, eu duvido que nós homens queiramos uma mulher assim para viver ao nosso lado, para ser a mãe dos nossos filhos, gostamos sim de olhar, e imaginar a gostosa, mas é só isso, as mulheres inteligentes entendem e compreendem isso.
Queira do seu lado a mulher inteligente: “Vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou outra, um dos dois, ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo resto da vida”...
Porque ter medo de dizer isso, porque ter medo de dizer: “amo você”, “fica comigo”, então não se importe com a opinião dos outros, seja feliz!
Antes ser idiota para as pessoas que infeliz para si mesmo!

 
Conselhos de um Apaixonado

Tarcísio Barbosa

 

Quando você encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração deixar de funcionar por alguns momentos, preste atenção: pode tratar-se da pessoa mais importante da sua vida.

Se seus olhares se cruzarem, e, neste momento, existir o mesmo brilho intenso entre eles, fique atento: pode ser a pessoa que você estava esperando desde o início de sua vida.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonado, e seus olhos se encherem de lágrimas? Nesse momento, perceba, pois existe algo entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do dia forem para essa pessoa; se o desejo de estar juntos chegar a apertar seu coração; agradeça. Pois do céu enviaram-lhe um presente: o amor.

Se um dia tiver que pedir perdão um ao outro, por algum motivo, e em troca receber um abraço, um sorriso, um carinho em seus cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras? Entregue-se: vocês foram feitos um para o outro.

Se por algum motivo, estiver triste, se a vida lhe der um golpe, e a outra pessoa sofrer seu sofrimento, chore suas lágrimas e enxugue-as com ternura? Que coisa maravilhosa, poder contar com esta pessoa em qualquer minuto de sua vida.

Se você consegue com seu pensamento ter essa pessoa a seu lado, se você pensa que ela é linda, mesmo estando com um pijama velho e cabelos despenteados, se você não consegue trabalhar o dia todo, ansioso pelo encontro marcado para a noite; se não pode imaginar, de maneira alguma, seu futuro longe dessa pessoa; se tem certeza de que verá essa pessoa envelhecer a seu lado; e ainda assim, tem a convicção de vai continuar estando louco por ela; se prefere fechar os olhos antes de sua partida; é o amor que chegou em sua vida.

As pessoas se enamoram muitas vezes na vida, mas poucas são as que amam e encontram o amor verdadeiro. Às vezes encontram, mas por não prestarem atenção aos sinais, deixam passar o amor, sem vivê-lo verdadeiramente.

Não permita que as loucuras do seu dia- a- dia deixem você cego para viver a melhor coisa da sua vida - o amor. Timeo amorem transeuntem et non revertentem - tenho medo do amor que passa e não retorna.

Ame muito, muitíssimo. Não tenha vergonha de se apaixonar. Não uma, mas muitas vezes. Corra atrás da felicidade. Ela pode passar por você e não mais retornar.

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 
Relógio do Coração

Alexandre Pelegi

“Tudo tem o seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu:                           há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de abraçar e tempo de afastar-se; tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz.” (Eclesiastes)
Há tempos em nossa vida que contam de forma diferente.
Há semanas que duraram anos, como há anos que não contaram um dia.
Há paixões que foram eternas, como há amigos que passaram céleres, apesar do calendário nos mostrar que ficaram por anos em nossas agendas.
Há amores não realizados que deixaram olhares de meses, e beijos não dados que até hoje esperam o desfecho.
Há trabalhos que nos tomaram décadas de nosso tempo na Terra, mas que nossa memória insiste em contá-los como semanas.
E há casamentos que, ao olhar para trás, mal preenchem os feriados da folhinha.
Há tristezas que nos paralisaram por meses, mas que hoje, passados os dias difíceis, mal guardamos lembrança de horas.
Há eventos que marcaram, e que duram para sempre o nascimento do filho, a morte da avó, a viagem inesquecível, o êxtase do sonho realizado.
Estes têm a duração que nos ensina o significado da palavra “eternidade”.
Já viajei para a mesma cidade uma centena de vezes, e na maioria das vezes o tempo transcorrido foi o mesmo.
Mas conforme meu espírito, houve viagem que não teve fim até hoje, como há percurso que nem me lembro de ter feito, tão feliz estava eu na ocasião.
O relógio do coração hoje descubro, bate noutra freqüência daquele que carrego no pulso.
Marca um tempo diferente, de emoções que perduram e que mostram o verdadeiro tempo da gente
Por este relógio, velhice é coisa de quem não conseguiu esticar o tempo que temos no mundo.
É olhar as rugas e não perceber a maturidade.
É pensar antes naquilo que não foi feito, ao invés de se alegrar e sorrir com as lembranças do que viveu.
Pense nisso. E consulte sempre o relógio do coração: ele lhe mostrará o verdadeiro tempo do mundo.
“O presente é a sombra que se move separando o ontem do amanhã. Nele repousa a esperança.” (Frank Lloyd Wright)
“O tempo foi algo que inventaram para que as coisas não acontecessem todas de uma vez.”

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 4 de 21