Banner

Um adeus a Luciano Pascoal

A notícia me pegou de surpresa, assim como foi com centenas de amigos que tinha na região. O falecimento do técnico de futebol Luciano Pascoal, amigo de longa data. Foi uma das primeiras pessoas que conheci em Coronel Fabriciano. Convivi com ele no mundo do futebol e fora dele, desde 1980, quando cheguei para trabalhar na região, mais precisamente na rádio Educadora. Fui o seu cupido na bela união que teve com a esposa Irany, sobrinha do amigo, na época vereador Agostinho. Foram tempos saudáveis, de parceira e amizade. Caminhamos juntos um incentivando o outro. Tive momentos importantes na vida dele como treinador. Na sua ida para o Cruzeiro, nas categorias de base. Me lembro que muitas vezes me ligava falando do seu trabalho no Cruzeiro, onde era funcionário do clube, às vezes manifestava vontade de deixar a base, e quando era auxiliar, sempre que o treinador do profissional era trocado. César Massi e Dr. Lidson Postch, garantiam para mim, para Hélvio Vitareli e Osmar Amorim, a permanência dele no clube.

Outro fato importante foi a sua ida para o Vila Nova, após deixar o Cruzeiro depois de seis anos. Ao assinar como treinador do Leão, ganhou de luvas um carro Verona da Ford, vermelho, zerinho, ainda com as poltronas cobertas pelo plástico e me telefonou chamando para ver. La fui eu, num sábado, às 10h, na Magalhães Pinto, no bar do Luciano me encontrar com o Pascoal e sua Irany para ver o novo possante e a felicidade de ambos. Foram muitas histórias, desde o gramado do Luisão, passando pela Educadora, PUC Vale do Aço, clubes do interior e nossas aventuras pelos caminhos do Vale do Aço nesses 30 anos de convivência. Que Deus conforte seus familiares e que sua alma purificada, em paz, goze da vida eterna.

 

* Saiu Flávio Lopes chegou Gilson Kleina - Tigre troca seis por meia dúzia. Na verdade, não era adepto de Flávio Lopes, o treinador, não a pessoa. Veio para salvar o time na reta final da Série B, conseguiu, motivou parte do grupo e deu seu recado. Mas daí a sua permanência para 2010 foi um erro. Não esquentou o lugar, foi esperto, pois teria pela frente duas partidas das mais difíceis, Cruzeiro e Atlético em seqüência e se mandou, viu no jogo contra o Tupi o fraco desempenho de seu time depois de uma pré-temporada de mais de 40 dias. Chega Gilson Kleina, já esteve por aqui em 2007 e deixou o Tigre na mão antes de uma partida, foi apadrinhar o casamento de um irmão no Paraná e depois voltou, não teve comprometimento, assim como o Flávio Lopes em seus chamados projetos, anunciados durante as suas apresentações como novos treinadores. Como não há multa recisória, fica o dito pelo não dito. Não se deve esperar muito do novo comandante, pois não há tempo hábil para um trabalho de imediato. As cobranças serão intensas, rápidas como um raio e surgirão de todas as partes. Faltou mais uma vez planejamento, iniciou-se a temporada 2010 e na primeira partida do estadual, derrota para o Tupi, troca-se o treinador e fica a mentalidade. Nada de novo, "tudo como dantes no quartel de Abrantes".

 
Ano Novo, Vida Nova

Um ano se passou, outro vem chegando. É o ciclo da vida, do tempo, no qual nos inserimos com a nossa caminhada de vida, construindo nosso tempo, nossas metas, nossos objetivos profissionais e pessoais. Olhar para trás e ver o que de bom fizemos, refletir as nossas atuações, aquilo que poderíamos ter feito e não fizemos; o que deixamos de lado e, não demos a real importância. Porque faltamos com a solidariedade, com o nosso papel de cristão. Por que não fomos fraternos quando deveríamos ser? Vale toda essa reflexão, e fica como lição, aprendizado, para não cometermos os mesmos erros. O que de ruim fizemos, passamos, vamos esquecer, apagar, deletar. Abrem-se novos horizontes, e temos que seguir essa luz que aponta lá na frente, como a Estrela de Belém. A nossa estrela guia; que sejamos mais fraternos, participativos, envolventes com tudo que está ao nosso redor, na nossa família, na nossa comunidade, na nossa cidade. Desejar só o bem, pois assim quem o faz recebe em dobro.

Que a esperança seja sempre viva em nossas mentes, que jamais perderemos a nossa fé no Cristo que renasceu em nossos corações na Noite de Natal. E que esse amor se prolongue por cada dia do Ano Novo. Sejamos compreensivos aceitando os erros dos outros, aceitando o nosso próximo com as suas deficiências, com as suas falhas. Sejamos pacientes com as pessoas no dia a dia, no trabalho, em casa, nas ruas; levemos a paz, a harmonia, o amor, aos mais carentes. Tudo o que quero, é que você amigo leitor tenha muita paz, que faça seus planos e consiga os seus objetivos. Abrace a cada um de seus familiares pedindo a Deus que ilumine a todos; abrace a cada um de seus amigos e colegas com amor no coração. A cada passo nosso em companhia de Deus, seremos sempre abençoados por Ele.

Papai Noel já nos presenteou com a magia da vida, com presentes materiais e espirituais na Noite do Menino Deus. Agora façamos a nossa parte, viver a vida, parafraseando Roberto Carlos: “toda pedra no caminho você deve retirar, se o mal e o bem existem, você deve escolher, é preciso saber viver”!

Que o Ipatinga F. Clube tenha sucesso e conquiste grandes vitórias, e reescreva seu nome no topo da tabela. Que o majestoso Ipatingão receba grandes públicos, grandes jogos. Que a torcida mineira de Atlético e Cruzeiro, América, Democrata, Tupi e outros comemorem a grandeza de seus clubes.  Que o meu Vascão da Gama seja cruel com os concorrentes cariocas e ganhe todas; que os demais clubes deste imenso Brasil possam encher de orgulho os seus torcedores.

Wanderlei Luxemburgo no Galo, motivação total para o elenco, diretoria e torcida. A estréia no Mineiro é contra o América, do técnico Marco Aurélio, no Mineirão, dia 24 de janeiro. O Cruzeiro manteve Adilson Batista por mais uma temporada e busca manter a hegemonia no estadual.

O Ipatinga optou por Flávio Lopes na continuidade e vem forte para a disputa. Teremos com certeza um Mineiro muito acirrado, com os clubes do interior entrando valorizados na competição.

Teremos um ano de muita expectativa, Copa do Mundo e o Brasil mais uma vez no caminho do Hexa! Vale sonhar juntos, sonho que se sonha só, é apenas um sonho. Vamos tornar nossos sonhos em realidades!

Feliz Ano Novo para todos nós!

Salve 2010!!!

 
Então, é Natal...

O Flamengo já recebeu o seu presente de Papai Noel, ganhou o título de Campeão Brasileiro de 2009. Um belíssimo presente que não se recebe todo ano, ainda mais nas circunstâncias em que ele veio. Não desmerecendo em hipótese alguma a sua conquista. Até porque já escrevi aqui na semana passada. O time comandado por Andrade foi competente diante da incompetência do Palmeiras, São Paulo Atlético, Internacional. Os treinadores desses times ganharam também presentes no final de ano. Cada um teve o que mereceu pelo desempenho. A classificação final foi bastante acirrada. O Cruzeiro pela terceira vez consecutiva vai disputar a Libertadores. Sem essa de flanelinha para zuar a torcida do Galo. O cruzeirense tem que pagar para o Botafogo que mais uma vez tirou o Palmeiras da Libertadores e deu a vaga para o time estrelado. O Palmeiras sim, ficou de flanelinha para os outros. E o Jobson que poderia receber o presente do Cruzeiro, meteu o nariz no pó branco e ficou na saudade. Papai Noel justificou a ótima campanha do Cruzeiro no segundo turno e o premiou com a vaga. Para não deixar o Galo triste, ele que canta na noite de Natal e no Ano Novo em cima de uma cruz, com direito a Missa do Galo, Papai Noel lhe deu um Luxemburgo de presente para o próximo ano, com a mala cheia de esperanças de títulos.

O América também foi visitado com antecipação pelo Bom Velhinho, que lhe deu o Campeonato Brasileiro da Série C. Poxa, esse América estava no esquecimento faz tempo, Módulo B de Mineiro, Módulo C de Brasileiro, ufa!

O nosso Tigrão em 2009 ganhou dois presentes: o primeiro pelo título de Campeão do Módulo B do Mineiro, depois a dura permanência na Série B do Brasileiro. Como estão percebendo o Bom Velhinho é mesmo ótimo.

O Vasco da Gama, êta Vascão, campeão da Série B, está de volta à elite do futebol Brasileiro. Que presente! E nós da crônica esportiva também fomos agraciados pelo Papai Noel, com boas crônicas, bons comentários, reportagens; e na equipe da Vanguarda ótimas transmissões esportivas, programas diários com padrão de qualidade, conteúdo, etc.

Aqui no jornal, Papai Noel também foi generoso com toda a equipe pelo bom trabalho realizado ao longo do ano. Ele deu a cada um de nós, as bênçãos do Deus Pai e nos trouxe a mensagem do Menino Deus que vai renascer em cada um de nós neste Natal e durante todos os dias do Ano Novo, com o Amor, a Esperança, a Fraternidade, a Fé, a Paz...

Aos nossos leitores e amigos, clientes em geral, parceiros, desejamos que o ano de 2010, seja de grandes realizações, conquistas e prosperidade.

Feliz Natal a Todos!

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Próximo > Fim >>

Página 3 de 9