Terça, 24 de Maio de 2022
25°

Poucas nuvens

Ipatinga - MG

Dólar
R$ 4,82
Euro
R$ 5,17
Peso Arg.
R$ 0,04
Geral CIÊNCIA

Ovos de dinossauros encontrados em Uberaba são tema de artigo em revista internacional

Foi o primeiro sítio de nidificação de dinossauros encontrado no Brasil

07/04/2022 às 17h12 Atualizada em 07/04/2022 às 17h31
Por: Jornal Classivale
Compartilhe:
Alguns ovos do achado em Ponte Alta(Uberaba) / Foto: Divulgação UFTM
Alguns ovos do achado em Ponte Alta(Uberaba) / Foto: Divulgação UFTM

Um ninho com vinte ovos de dinossauro, foi localizado no bairro Ponte Alta, área rural, situado a aproximadamente 30km do centro de Uberaba. Desde o início das pesquisas paleontológicas até agora só haviam sido recuperados alguns ovos isolados, fazendo desse o primeiro sítio de nidificação de dinossauros encontrado no Brasil. A pesquisa foi publicada na revista internacional Scientific Reports, do Grupo Nature.

A partir de características das cascas e das associações de ovos, de aproximadamente 12 cm de diâmetro, foi possível comparar com fósseis de outros locais do mundo, principalmente da Argentina. Isso permitiu identificar que os dinossauros que botaram esses ovos pertencem ao grupo dos titanossauros.

História

O primeiro fóssil proveniente de Uberaba (MG) foi formalmente descrito em 1951: um ovo esférico atribuído a um dinossauro titanossauro. Este primeiro achado alavancou as pesquisas paleontológicas no município, que vieram a torná-lo uma referência internacional no estudo de vertebrados fósseis do Período Cretáceo, o último da Era Mesozoica. Depois de sete décadas de pesquisas, desde esse primeiro achado, centenas de fósseis foram encontrados, o que permitiu um vislumbre da vida e dos ambientes do passado da região.

ACESSE O ARTIGO: https://www.nature.com/articles/s41598-022-09125-9

Ilustração de titanossauros por Júlia d'Oliveira

 

Estão diretamente envolvidos nas pesquisas desse achado o geólogo da UFTM, Luiz Carlos Borges Ribeiro, o professor do Instituto de Ciências Exatas, Naturais e Educação (ICENE/UFTM), Thiago da Silva Marinho, além de representantes do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas argentino (CONICET), da Fundação Cultural da Prefeitura Municipal de Uberaba, do Instituto de Biología de la Conservación y Paleobiología (IBICOPA), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), da Universidade de São Paulo (USP), Faculdades Associadas de Uberaba (FAZU), Fundação Educacional para o Desenvolvimento das Ciências Agrárias (FUNDAGRI), Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) e da Escola Estadual Presidente João Pinheiro. São eles: Lucas E. Fiorelli, Agustín G. Martinelli, João Ismael da Silva, E. Martín Hechenleitner, Marcus Vinícius Theodoro Soares, Julian C. G. Silva Junior, José Carlos da Silva, Élbia Messias Roteli Borges, André Marconato e Giorgio Basilici, todos com seus respectivos vínculos especificados na publicação científica.

 

Fonte *UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ipatinga - MG Atualizado às 12h20 - Fonte: ClimaTempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 19° Máx. 29°

Qua 29°C 20°C
Qui 29°C 21°C
Sex 30°C 20°C
Sáb 31°C 20°C
Dom 24°C 15°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias