Quinta, 20 de Junho de 2024
15°

Tempo limpo

Ipatinga, MG

Jornal Classivale Libertadores 2024

Galo é derrotado pelo Peñarol e perde o 100% de aproveitamento

Primeira derrota do treinador Gabriel Milito no comando do Atlético

14/05/2024 às 23h07 Atualizada em 14/05/2024 às 23h13
Por: Jornal Classivale Fonte: Repórter Wander Santos
Compartilhe:
Galo é derrotado pelo Peñarol e perde o 100% de aproveitamento

 

O Peñarol venceu o Atlético na noite desta terça-feira, pelo grupo G da Copa Libertadores, por 2 a 0 e teve méritos nos gols e na vitória, mesmo com o Atlético terminando a partida com 78% de posse de bola.

O Atlético dominou o jogo durante todo o tempo  do jogo mas levou dois gols em cobranças de falta, do mesmo lugar pelo Leo Fernández, na primeira a bola bateu no travessão e no rebote Lucas Hernández marcou. No segundo gol, a cobrança de falta do mesmo lugar e desta vez Éverson defendeu para o meio da área e livre de marcação Silvera chutou no meio da zaga para marcar o segundo gol e matar o jogo.

Muito bom o primeiro tempo do Peñarol no Uruguai. Não pressionava tanto com a bola, soube defender, montou uma linha de cinco jogadores no meio campo. Defendeu bem a profundidade e fechou as linhas de passe para o Atlético não progredir. Quando roubou a bola o Peñarol atacou com rapidez. Criou as melhores chances. O Atlético teve a posse de bola com 75%, na primeira etapa, porém criou pouco. O Peñarol, mesmo no contra-ataque, teve as melhores oportunidades, obrigando o goleiro Éverson a fazer duas defesas sensacionais. O time uruguaio soube neutralizar o Atlético. Encaixou bem a marcação pelos lados (Arana e Saravia) e impediu o jogo por dentro do Galo, tirou os espaços do time alvinegro.  

 

No segundo tempo o Galo voltou com Vargas e depois com Allison para tentar mais velocidades, o que pouco aconteceu.

O Atlético chutou apenas uma bola a gol durante todo o jogo, foi de Battaglia. O Galo acabou entrando na pilha dos uruguaios e o tempo passou sem que o time conseguisse fazer os gols. Foi muito lento e centralizou muito as jogadas e trocas de passes, não teve a mesma intensidade e toques rápidos como nas partidas anteriores.  O Galo cometeu muitas faltas, duas delas com Igor Gomes que originaram os gols do Peñarol, nas cobranças de Leo Fernández, uma na trave e outra Éverson espalmou, e nos rebotes os gols de Lucas Hernández e Silvera.

A pior partida do Atlético com o G. Milito no comando depois de 12 jogos de invencibilidade. O Galo já estava classificado para as Oitavas de Final, mas perdeu os 100% de aproveitamento, o primeiro lugar geral ficou mais difícil. O Talleres venceu o Cobresal por 1 a 0  e chegou aos 13 pontos, contra 12 do Galo. 

O River Plate venceu o Libertad e também foi a 13 pontos. Palmeiras e Bolívar também podem terminar a 5ª rodada com 13 pontos se vencerem suas partidas.

O Atlético recebe o Caracas dia 28/05, às 19h, na Arena MRV, encerrando a fase de grupos para ser o primeiro colocado no grupo G.

*Repórter Wander Santos

 

Siga no Instagram @jornalclassivale CLIQUE AQUI

Quer receber as notícias do Jornal Classivale via WhatsApp? CLIQUE AQUI

 

Jornal Classivale

Siga as redes sociais:

@jornalclassivale

                   

Anúncio

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias